user_mobilelogo

O Rali de Marrocos iniciou-se hoje com um curto prólogo de 12 km, perto de Fez, numa espécie de aquecimento para a primeira verdadeira Etapa do Rali de Marrocos, que terá lugar amanhã.

A piloto portuguesa Elisabete Jacinto iniciou hoje a sua participação no Rallye Oilibya du Maroc onde averbou a quinta posição entre os camiões e a 11ª da categoria Open, na Super Especial de 12 quilómetros cronometrados que se disputou em torno de Fez, em Marrocos. A equipa Bio-Ritmo® cumpriu este curto sector selectivo, que teve o argentino Frederico Villagra como vencedor entre os T4, sem qualquer dificuldade.  

A chegada do pelotão do Rally de Portugal Histórico ao centro do País e à mítica região de Arganil trouxe consigo emoções redobradas e significativa luta na frente da classificação, com três pilotos diferentes a passarem pela primeira posição até ao final da 2ª Secção. De tarde, com a ordem mais estabelecida, a dança de lugares ficou mais calma e Yves Deflandre consolidou a vantagem no topo da tabela.

No dia do arranque do Rali de Espanha, Kris Meeke e Paul Nagle alcançaram o 2º melhor tempo do shakedown aos comandos do seu Citroën C3 WRC. Mesmo que mais atrás na classificação, as duplas Stéphane Lefebvre/Gabin Moreau e Khalid Al Qassimi/Chris Patterson fizeram, também elas, um balanço positivo deste último teste antes do verdadeiro arranque da prova.

Depois de uma longa paragem no período estival e também para que as selecções nacionais estivessem nos International Six Days Enduro, o campeonato nacional de enduro cumpre no próximo fim-de-semana a derradeira prova da época 2017.

O belga continua imparável e está a caminhar com regularidade para a segunda vitória consecutiva na prova do ACP.

Depois de ontem ter assumido a liderança do Rally de Portugal Histórico ainda de manhã, e de ter aproveitado a tarde para se isolar na frente, Yves Deflandre comemorou hoje o feriado do 5 de Outubro da melhor forma ao reforçar a liderança no final penúltima etapa do Rally de Portugal Histórico.

  • O relato da primeira aventura de SSV em África
  • João Rebelo Martins fica na história dos SSV