user_mobilelogo

A piloto Elisabete Jacinto alcançou hoje, no final da segunda etapa do Morocco Desert Challenge, o quarto posto entre os camiões tendo protagonizado uma brilhante recuperação conseguindo subir 22 posições da tabela de classificação geral, depois do revés sofrido no prólogo que a deixou nos últimos lugares entre os T4.

Mário Patrão foi hoje de novo o mais rápido no segundo dia do Morocco Desert Challenge depois de ter disputado um setor seletivo de 470 quilómetros cronometrados que teve início em Plage Blanche e segue rumo a leste através do leito do rio Draa até Touzounineque.

O Campeonato de Portugal de Karting arrancou este fim de semana no Kartódromo de Viana do Castelo com um registo notável de pilotos participantes e com corridas muito emotivas. A prova organizada pelo Clube Automóvel do Minho contou com 95 pilotos participantes nas sete categorias, num circuito que já tinha recebido também o Open de Portugal em Março.

  • Dia muito atribulado e exigente para o piloto Yamaha

António Maio teve hoje um dia muito atribulado no Merzouga Rally. O piloto da equipa Yamaha Fino Motor Racing enfrentou uma etapa de 206,71 km repartida por duas Boucles com uma navegação bastante complicada com dunas, areia e zonas de água.

Não correu pelo melhor, para Joaquim Machado eo seu Peugeot 206 S1600, a primeira jornada do Campeonato de Portugal de Ralicross – Divisão Super 1600.

Os dias anteriores à prova foram de forte “stress”, pois o motor do 206, apresentou alguns problemas. Problemas que obrigaram a equipa Kaxa & Motor a muito trabalho extra, de forma a que Joaquim Machado pudesse participar na prova. Conseguiu que isso acontecesse, com muitas horas de sono deitadas fora, mas sem hipóteses de tudo resolver. Não houve tempo para mais.

Aproxima-se a passos largos o regresso ás pistas para o campeonato nacional de velocidade 2018. Nos próximos dias 21 e 22, Sábado e Domingo, o Circuito do Estoril será o palco do começo de uma nova temporada onde várias novidades vão surgir em pista, como a classe Supersport 300 que se apresenta pela primeira vez em solo português seguindo a tendência que tem sido igualmente opção por parte de vários campeonatos em solo europeu.

É sempre um prazer em estar presentes em fins de semana internacionais, uma atmosfera única onde se respira competição num ambiente de festa.

Para nós o fim de semana foi muito positivo em vários aspectos, o ponto mais positivo foi sem duvida conseguir andar no grupo da frente.