user_mobilelogo

Com quase quatro centenas de participantes a dupla portuguesa Marco Pedroso e Vera Anselmo cumpriu ontem de forma satisfatória a sua primeira participação naquela que é a mais importante prova em moto4 em solo europeu, o Quaduro.

Álvaro Parente protagonizou uma estreia notável nas míticas 24 Horas de Daytona, a primeira ronda da Taça Norte Americana de Endurance, ao terminar no segundo posto, depois de ter estado envolvido na luta pela vitória ao longo de toda a prova.

O dia de ontem, 25 de Janeiro, em Setúbal, foi de grande destaque para o automobilismo nacional, a RAMPA DA ARRÁBIDA – LIBERTY SEGUROS, foi considerada o melhor evento desportivo do ano 2017.

Filipe Albuquerque brilha em Daytona ao vencer de forma categórica as 24h de Daytona, primeira prova do Campeonato Norte Americano de Resistência. O piloto português que faz equipa com João Barbosa e Christian Fittipaldi no Cadillac #5 da Action Express Racing assumiu a liderança da prova desde cedo e foram poucos os momentos em que o trio não esteve na frente. Uma corrida eximia que acaba desta forma única para Albuquerque que consegue a sua primeira vitória à geral na mítica prova americana. Resultado que junta à vitória em 2013 na categoria GT.

O OEC Motor Clube leva a efeito amanhã (dia 27), pelas 21h00, a 12ª Gala dos Desportos Motorizados da Ilha Terceira, um evento que vai premiar os melhores classificados das provas organizadas por aquele emblema praiense em 2017, bem como os concorrentes envolvidos nos eventos que se realizaram no Centro de Desportos Motorizados da Praia da Vitória (CDM-PV), espaço onde a cerimónia vai ter lugar.

Brilhante estreia de António Félix da Costa nas míticas 24 horas de Daytona, com o piloto Português, inscrito pela equipa JC Racing, a terminar muito perto do pódio, mais precisamente no 5º lugar final, depois de uma corrida isenta de erros e de grande nível, naquela que foi uma das edições mais competitivas de sempre desta prova.

No final de uma 1ª Etapa curta mas muito difícil, onde cada equipa teve os seus próprios percalços, as duplas Craig Breen/Scott Martin e Kris Meeke/Paul Nagle entraram na Assistência de Gap respetivamente nos 7º e 9º lugares, posições que não refletem o seu nível de desempenho num Rali de Monte-Carlo decididamente fiel à sua reputação.