user_mobilelogo

Após os azares que sofreu na Rampa da Penha, Fernando Salgueiro fez uma prova irrepreensível, onde ao longo de todo o fim de semana lutou pela vitória, e a mesma fugiu por escassas milésimas para o seu colega de equipa Ricardo Loureiro.Mas a verdade é que Fernando Salgueiro logo na 1ª subida de treinos, seria o autor dum tempo de 2.56.245, à média de 106,21 km/h, para na subida seguinte conseguir melhorar de forma acentuada com 2.53.663, à média de 107,79 km/h. Para a primeira subida de prova, o piloto do Caramulo Racing Team é autor dum “ tempo canhão “ e faz 2.44.224, à média de 113,99 km/h.

Estão à venda os bilhetes para a prova do TitansRX - FIA International Rallycross Series, a realizar nos dias 10 e 11 de agosto no circuito internacional de Montalegre. Um fim de semana que promete muita adrenalina na pista barrosã.

  • “Santos da casa não fazem milagres”

O ditado é antigo e aplica-se à equipa bracarense, na prova caseira da Rampa da Falperra. Luís Borges, no final da rampa admitiu ter tido “um fim-de-semana difícil, como há muito não acontecia. Eu, os meus mecânicos e os pilotos sabemos onde erramos e sabemos onde podemos melhorar. Venha a próxima corrida.”

Após seis anos de ausência das corridas, eis que Rui Amorim voltou a correr com o seu inconfundível Citroen AX, e a escolha recaiu na Rampa da Falperra, onde demonstrou, que quem sabe…nunca esquece.Isso porque Rui Amorim foi o vencedor do Troféu Portugal Montanha, onde na primeira subida de treinos faria um tempo de 2.57.141, à média de 105,67 km/h. Já na segunda subida de treinos, acabaria por obter um  tempo de 2.56.146, à média de 106,27 km/h. A verdade é que embora pudesse pesar uma certa falta de ritmo, depois de tão longa paragem, a verdade é que isso não aconteceu com o cronómetro, onde logo na 1ª subida oficial, volta a melhorar o seu tempo com 2.55.051, à média de 106,94 km/h.

A 40ª edição da Rampa Internacional da Falperra, a mais mediática das provas de montanha que se disputam em Portugal, ficou marcada pela enorme competitividade em todas as categorias do Campeonato de Portugal de Montanha e pela presença vibrante de uma multidão entusiasta, “ingredientes” que fazem desta prova uma das melhores da Europa nesta especialidade.

  • 19 equipas irão enfrentar as estradas de terra em redor de Martim Longo

Assinalando o regresso do Campeonato Sul de Ralis ao nordeste algarvio, o Rali de Alcoutim acolhe a caravana dos ralis para a terceira ronda desta competição. Depois de efectuarem os reconhecimentos e as verificações administrativas e técnicas no sábado, os concorrentes enfrentarão duas passagens pelas provas classificativas de Laborato, Barrada e Pero Dias a realizarem-se na manhã de domingo, realizando-se ao início da tarde a cerimónia do pódio em Martim Longo.

A segunda jornada da 16ª edição do Troféu Yamaha rumou até à Nazaré, que recebeu pelo segundo ano consecutivo uma etapa do mais antigo Troféu de Todo-o-Terreno de Portugal, contando com a presença de duas centenas e meia de pilotos, um novo recorde de participação entre os mais pequenos, corridas com pilotos dos 5 aos 60 anos e uma forte participação feminina.