user_mobilelogo

Depois da excelente performance no Rali de Amarante Baião, Joaquim Alves deixou o Skoda Fabia R5 na ‘garagem’ e regressou ao ‘volante’ do seu Skoda Fabia S2000, estando à partida da 4ª edição do RallySpirit.

A prova em piso de asfalto a cargo do Clube Automóvel de Santo Tirso e da Xikane voltou a reunir uma brilhante lista de participantes contando com quase uma centena de equipas nacionais e internacionais e acima de tudo com um fabuloso parque de viaturas, repletas de histórias ligadas ao desporto motorizado!

Num rali com um conceito idealizado para os “legends”, Joaquim Alves e Miguel Ramalho foram inseridos na classe Show, categoria criada para permitir a presença de mais alguns modelos emblemáticos nos ralis mais recentes, como é o caso do Fabia S2000, um dos carros mais bem-sucedidos em títulos nacionais e internacionais!

Para o piloto de Cesar - Oliveira de Azeméis o balanço da prova foi perfeito e acima de tudo gratificante até porque apesar do Skoda Fabia S2000 ter quase uma década, ainda permite grandes sensações, quer ao volante, quer para todo o público que assiste, muito por culpa do fabuloso motor atmosférico que equipa o carro da marca checa!

Como referiu o piloto da Cesar Racing Rally Team – “o RallySpirit foi uma excelente oportunidade para voltar a andar numa viatura da geração anterior aos atuais R5 - o Skoda Fabia S2000 e também para participar num grande evento que tem já um interessante destaque no panorama dos desportos motorizados!

Participamos integrados na categoria “Espetáculo” que não contou para a classificação geral, dado que o ano de construção do Skoda não permitia participar nas outras categorias! Sem pressões no que diz respeito a resultados foi gratificante voltar a conduzir um S2000 e acho que o muito público presente também gostou de ver novamente um S2000 nas estradas portuguesas, porque é sem dúvida para quem gosta de automóveis uma viatura marcante, especialmente pelo seu ‘roncar’ e performance.”

joaquim alves 4